segunda-feira, 2 de abril de 2012

Doçura

Açucar, adoçante, xarope de agave
Tudo isso já é doce por si só
Eu quero que tudo seja doce
Que seja doce o orgulho
Que seja doce o temor
Que seja doce tudo que um dia eu te dei
O amor

Que seja doce a discórdia
E toda a corrupção
Que seja doce o mistério
E todo meu tesão
Que seja doce o martírio
A revolução que  faço por você
Que seja doce a guerra
O poder, o perder

Que seja doce a nossa vida
Que seja tudo doce
Até eu enjoar e...
Me perder dessa doçura toda e...
Voltar pro amargo que sou

Nenhum comentário:

Postar um comentário